Terça-feira, 25 de Abril de 2006
Tanto Mar II
 

Foi bonita a festa, pá
fiquei contente
'inda guardo renitente, um velho cravo para mim

Já murcharam tua festa, pá
mas, certamente
esqueceram uma semente nalgum canto de jardim

Sei que há leguas a nos separar
tanto mar, tanto mar
Sei também como é preciso, pá
navegar, navegar

Canta a Primavera, pá
cá estou carente
manda novamente algum cheirinho de alecrim

Nota:

A primeira versao de "tanto mar" tinha sido censurada devido a canção ser uma saudação à Revolução de Abril de 1974 em Portugal. Foi gravada totalmente pela primeira vez num espectáculo ao vivo com a Maria Bethania, que foi passado para disco(em 1975). A segunda versão foi gravada no início de 1976 e refere-se ao Novembro de 1975 em Portugal e ao fim do período mais revolucionário que por cá se vivia.

Chico Buarque

publicado por R. às 19:48
link do post | comentar | favorito
1 comentário:
De parislasvegas a 26 de Abril de 2006 às 09:28
32 anos passados, continuo com esperança que alguém se tenha esquecido de uma semente ao canto do jardim...

Comentar post

.mais sobre mim
.pesquisar
 
.Maio 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31
.posts recentes

. homenagem

. VIVA!

. assim são as princesas

. O Tigre e a Neve

. ...

. De volta...

. E, para os que me chateia...

. ...

. Épá, talvez, afinal, a qu...

. Porque nem tudo é belo!

.arquivos

. Maio 2009

. Abril 2008

. Fevereiro 2008

. Outubro 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

.tags

. todas as tags

blogs SAPO
.subscrever feeds